A Morte de Luis XIV

um filme de Albert Serra

115 min., 2016, França/Portugal/Espanha, DCP

sinopse

Agosto 1715. Depois de uma caminhada, Luís XIV sente uma dor na perna. Nos próximos dias, o Rei continua a cumprir seus deveres e obrigações, mas seu sono é intranquilo, ele tem febre, mal se alimenta e está cada dia mais fraco. Albert Serra reconstrói os dias da lenta agonia do maior Rei da França, interpretado magistralmente por Jean-Pierre Léaud, rodeado em seu quarto por seus fiéis seguidores e pelos médicos, e que marcará o fim de um reinado de 72 anos do Rei Sol.

ficha técnica

Roteiro: Albert Serra, Thierry Lounas
Fotografia: Jonathan Ricquebourg
Montagem: Ariadna Ribas, Artur Tort, Albert Serra
Música: Marc Verdaguer
Elenco: Jean-Pierre Léaud, Patrick d’Assumçao, Marc Susini, Irène Silvagni, Bernard Belin, Jacques Henric
Produção: Thierry Lounas, Albert Serra, Joaquim Sapinho, Claire Bonnefoy
Título Original: La Mort De Louis XIV
Classificação indicativa: 12 anos 

 

sobre o diretor

Albert Serra, cineasta e artista catalão, nasceu em Banyoles, em 1975. Estudou filosofia e literatura, escreveu peças de teatro e produziu diversos trabalhos em vídeo. Tornou-se internacionalmente reconhecido com seu primeiro longa-metragem, Honor of Knights, exibido na Quinzena dos Realizadores, em Cannes, em 2006. Em 2013, Serra recebeu o Leopardo de Ouro em Locarno por seu filme, História da minha morte, inspirado nas memórias de Casanova. Filmografia: Story of my Death (2013); Birdsong (Quinzena dos Realizadores, 2008); Honor of the Knights (Quinzena dos Realizadores, 2006).

+ info

Na imprensa:
Jean-Pierre Léaud está glorioso como só ele em 'A Morte de Luís XIV' - por Luis Carlos Merten, no Estadão
"A Morte de Luis XIV" é um impressionante retrato dos últimos dias de vida do mítico rei da França - por Marcelo Perrone, no Zero Hora
O poder e a finitude - por Simone Zuccolotto, no O Globo
A morte de Luis XIV - por Sérgio Alpendre, na Folha
Um filme de impacto forte em sua sutileza - por Neusa Barbosa, no Cineweb
Como morre um rei, como nasce um ídolo - por Carlos Alberto Mattos
Jean- Pierre Léaud interpreta o protagonista com uma melancolia arrasadora - por Miguel Barbieri Jr., na Veja SP

filmografia

Història de la meva mort | Story of my death (2013)
Els tres porquets | The three little pigs (2013)        
El senyor ha fet en mi meravelles | The lord has worked wonders in me (2011)
El cant dels ocells | Birdsong (2008)
Honor de Cavalleria | Honor of the knights (2006)
Crespià, the film not the village (2003)

festivais

Cannes (2016) – Exibição Especial
Prix Jean Vigo 2016 du Long Métrage
Jerusalem Film Festival – (Melhor filme internacional)
Munich Film Festival

trailer

fotos

poster